Um cego…

image

– para Riane Travancas, e saiba que por trás dessas palavras existe um amor eterno…

Nem a praga.
Nem a aids.
Nem todas as guerras.
Com todas as baixas.

Até mesmo a violência urbana.
As baixas do vício do crack.
Nenhuma e nem com toda taxa
da mortalidade global…
Nada
Matou mais
do que o Arrependimento.

As dálias sempre florescem no colo de quem ama
Mas do arrependido apenas : Choro, culpa e medo.
Um cego …

Tempo e tudo anda devagar
Pois não existe remédio
Tratamento
Consolo…
Existe o tempo
Que salva e sopra,
Mas, quieto, ele se incuba

E matou
E mata
Mais do que a própria morte.
O arrependimento
Mata mais do que a própria morte.

Anúncios

~ por Água para Plantas em janeiro 22, 2014.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

 
%d blogueiros gostam disto: