Cartas

Bom, resolvi criar uma área no me blog chamada de “Cartas”, seriam textos de cartas que gostaria de escrever a pessoas muito queridas e algumas delas, quem sabe, pode ser você qie está lendo. O Formato pode alterar pra prosa, poesia ou até mesmo prosa poética e o início vai sempre começar com data e abaixo três pontos e blá-blá-blá… Leia, se quiser, mas se quiser, boa leitura…

Niterói, 15 de Janeiro de 2013.

image

(…)

Minha mãe recebeu alta hoje do Inca e está indo pra casa… Ainda espero as lágrimas…

Subestimei e muito a sua capacidade e seu coração e minha mãe acaba de ter alta, sei que de longe, ainda se preocupa e muito comigo, senti e sinto sua preocupação e você sabe que é isso que há de bom no ser humano : Somos iguais quando nos importamos uns com os outros e o sentimento de igualdade em nosso peito é a coisa mais incrível e indescritível do mundo. Me permiti sair do trabalho mais cedo, pois ando questionando a minha função nisso tudo. O que é a vida meu primo? Andamos em circulos por décadas até achar um ser humano ou uma condição humana que nos diga que somos bem vindos em qualquer lugar, mas ó triste homem, se não encontra morada em sí mesmo?
Ando muito em círculos procurando algo, alguém, coisa ou efeito que me diga que viver vale a pena. Os vales nevosos, a aurora boreal, os monumentos, cafés, vinhos e bares tudo se mescla a uma insipidez se estamos sós. O belo navio não tem sentido e lembramos do valor do nosso sangue quando olhamos pra trás e recordamos que O MAIS DIVERTIDO DE TUDO ERA O SIMPLES, O NÃO SABER E O SONHO DO “O QUE QUERO SER QUANDO CRESCER” Mescla-se o cheiro do parque, as cores e o som do estalar dos meninos andando de skate e segue a mesma pergunta: A minha infelicidade consiste em razão de não compartilhar a minha alegria. A felicidade não existe se não for compartilhada, pois de que adianta rir sozinho? De que adianta andar só? Qual é o motivo de se conquistar uma montanha e não se ter verdadeiros amigos para abraçar e dizer : Vencemos?! Não se vence sozinho, nunca.

Estou agora no campo de são bento, quando foste viajar senti raiva, pois me fez uma estupidez, mas não há razão ou motivo para atacar amigos, primos ou qualquer outra pessoa que tente de ti aproximar-se… Meu primo, nesse mesmo campo, patos andam e morrem e assim são repostos. Lascas de árvore são tiradas e com elas feitas juras de amor, mas a quantas jogaste fora, por um senso de auto-preservação destruindo muitas coisas que assim poderia conquistar? A verdadeira conquista é aquela que bem faz ao coração…Sempre haverá um verão nas novas estações, mas o tempo gasto é ÚNICO e não somos repostos como os patos daqui.

Caminhei todo este campo em busca de alguém, em busca de conhecer uma pessoa especial, atravessei o campo em busca de algo mágico, o inevitável dobrar de esquina que faz mudar nossas vidas e pasmém, hoje não aconteceu, mas ainda resta o amanhã. Mas procurei esse tempo. Procuro essa resposta, mas , quanto mais ando, vejo que a mesma está só e existe somente em uma condição de ver a natureza e o todo com completa igualdade. Pobres patos repostos, andam em uma vida tão mimética que nenhum transeunte sentiria falta. Queria ter a lacuna que esse pato faz na vida de quem sentiria minha falta, mas ao mesmo tempo, sei que não posso ser reposto, mas ainda há o perder tudo, o abandonar as esperanças e ganhar a felicidade – quem espera sofre, mas quem acredita evolui – e poder ajudar outras pessoas e ser realmente feliz em comunhão. Se tudo der errado, eu ganho o mundo.

Muito obrigado por todo, mas penso todos os dias em desistir…

O que você fez por mim nenhum irmão fez.

Obrigado.

Rodrigo Vieira Serra

Campo de São Bento, Niterói

Anúncios

~ por Água para Plantas em janeiro 15, 2013.

Uma resposta to “Cartas”

  1. Lindo…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

 
%d blogueiros gostam disto: