Tapete Perça – Poesia

Afundamos nossos corpos em um domingo sonho

Onde eramos crianças e brincávamos em um elo feliz

A felicidade nos servia goles fartos de orgasmos

Por todo um dia, percorria minha mão no teu corpo

E eu a ti  tomar como um cálice, lambusava minha boca de ti

Sombreava tua silueta na cama como escultura grega

Enquanto os minutos se contavam como segundos

Horas e mais horas eram esquinas, nos encontrávamos

A vida nos enrolava em uma tarde

Uma tarde que o nada me entretia

Vem a noite, ainda usariamos mais nossos corpos

A medida que, perfeito andrógeno se transformava

De nossa mistura, amarrada a cama, distorcendo a luz do dia..

Anúncios

~ por Água para Plantas em junho 11, 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

 
%d blogueiros gostam disto: